Etapas propostas: Criando um ambiente de aprendizagem e troca de experiencias compartilhadas com a comunidade escolar através da criação de um blog utilizando os recursos da web 2.0

 

 

1.  Um Olhar com Intenção: Definição de um tema.

 

Análise de alguns sites publicados: Através da ferramenta de buscas do google http://www.google.com.br/ , analisar diferentes blogs e sites, sobre um tema proposto: por exemplo: digite a palavra ciberespaço.

 

Identifique as características específicas de cada site indicado na pesquisa:

- O público a que se destina

- Objetivos (que parecem transparecer)

- Aspectos mais/menos interessantes

- Idéias interessantes para o desenvolvimento do próprio site / blog

- Perceber as diferentes formas e a distribuição das informações

- Navegação entre as páginas

- Confiabilidade.

 

 

2.  Breve Reflexão Sobre a Construção de um Site

 

-  Qual a importância da criação de um site dentro de um contexto educacional?

-  É possivel a integração das Propostas Curriculares dentro dessa concepção?

- De que maneira isso pode acontecer?

- Através da troca de arquivos entre os professores ou alunos?

- Como os professores de cada área podem contrubuir para essa integração?

 

 

3. Condições Gerais para a Criação de Sites:

 

O trabalho junto aos alunos, deve ser direcionado para a pesquisa, organização de idéias e finalização do trabalho. Ao professor cabe a orientação e a manutenção do site / blog junto aos alunos.

 

Sugerimos que a pesquisa, o  desenvolvimento e organização sejam orientadas por temas (por exemplo, ainda em cima do tema proposto - ciberespaço: espaço de criação, ambientes de aprendizagem virtual, cibercultura, autores que tratam deste tema, teoria do construcionismo...isso mesmo..construcionismo...interativismo...as novas teorias de aprendizagem, ética na internet, uso de imagens na web, lei de direitos autorais, navegação com segurança na web e principalmente buscar entender:

COMO O ALUNO APRENDE?,

 

Pode-se refletir junto aos alunos, sobre os objetivos claros deste trabalho, a abrangencia de um texto divulgado na web, o cuidado com sua elaboração, a estética das informações e principalmente a importância do envolvimento de toda a comunidade escolar.

 

Diagramação: pesquisas em livros, revistas, jornais, sites, digitação em editores de textos, dados organizados em planilhas, apresentações em power point, edição de imagens e som em moviemaker, textos em colunas, utilização de diferentes editores de textos - como por exemplo os editores on line do google: http://docs.google.com/, ou softwares livres como o OpenOffice http://www.broffice.org/, tipos de fontes, tamanho, formatações, verificações ortográficas, recursos de edição, conversão em paginas para formatos html para a web e a utilização de ferramentas do idioma do google: http://www.google.com.br/language_tools?hl=pt-BR

 

Utilização de recursos midiátricos: como trabalhar uma imagem para a web, como inserir imagens no site / blogg, inserir musicas, digitalização de imagens, youtube, msn, orkut, miguxês, conversão de textos em pdf ou em word (como no site http://www.zamzar.com/ - não dá para “fazer de conta” que não existem estes espaços virtuais, eles fazem parte do mundo de nossos alunos. 

 

É interessante criar uma conta no gmail (http://www.gmail.com/) para cada escola, para a utilização ou o simples conhecimento das ferramentas do google, tais como o picasa, ou o docs para edição de textos, power points on line ou a simples troca de informações entre os professores e alunos.

A tecnologia do google, é uma tendencia mundial no conceito de web 2.0. Vale a pena conhecer as ferramentas que permitem a criação de videos, sites, blogs, edicão de imagens, sem a necessidade de ser um grande conhecedor de tecnologias.

 

Com relação ao direito de uso e divulgação de imagens: Todas as imagens, com a presença de alunos ou professores, devem estar autorizadas e mantidas dentro do portfólio do professor. Deve-se ter uma atenção especial ao utilizar imagens e fotos de pessoas e sites que quebram direitos autorais ou tenham conteúdo impróprio, sob pena de serem punidos de acordo com os termos de uso.

 

 

4.  Fundamental:

 

Pensar...

•         Na primeira página (apresentar o site e indicar os caminhos)

•         Na informação que se quer disponibilizar (nas outras páginas, para o exterior do site...)

•         Na rede de navegação (estabelecimento de links, criação de menus)

 

Estar atento(a)...

•         Clareza da informação

•         Unidade gráfica e aspectos estéticos

•         Links para recursos relevantes

•         Questões éticas (imagens, direitos de autor, ‘spam’…)

 

Buscar .....

Trabalhar temas buscando embasamento dentro das Diretrizes e Parametros Curriculares Nacionais sendo portanto fundamental a participação da equipe gestora e professores na elaboração e divulgação dos trabalhos que serão publicados no site.

 

Sonhar .....

Mesmo que neste momento, os laboratórios não estejam em condições perfeitas, o uso de tecnologias na educação, não se limita, ou sequer está diretamente relacionado ao uso de computadores, mas sim, na sua concepção, na maneira como deve ser trabalhado, o que nos leva a refletir, que ao montarmos um trabalho orientado, com objetividade, formando grupos de pesquisas e com  propostas realmente definidas, são ações que não implicam diretamente na útopia de um computador por aluno.

 

É importante termos em mente, que a inclusão social ou digital, passa fundamentalmente, por um trabalho cujo papel do professor ainda é  sempre será o de articulador de todo o processo. Este portanto, é o momento que iremos optar pela construção do Blog ou do Site, e refletirmos sobre nosso papel na formação desses alunos e principalmente sobre qual ferramenta seria mais atrativa para se trabalhar, levando-se em consideração a dificuldade na construção, aspectos visuais, recursos disponiveis, o dominio que cada professor possa ter diante desses recursos e principalmente o nivel de conhecimento de seus alunos.

 

5.  Construção de um site no google:

 

A tecnologia Google sites: Sites do Google é uma maneira gratuita e fácil de criar e compartilhar páginas da web. Neste link em português, estão disponibilizadas todas as informações sobre sua construção:  Saiba mais.

 

Exemplos de páginas que estamos desenvolvendo com a tecnologia da web 2.0:

http://sites.google.com/site/etidecampinasoeste/acessaescoladerco

http://sites.google.com/site/nrtecampinasoeste/intel2009

http://decampinasoeste.edunet.sp.gov.br/oficina_pedagogica/frameset.htm

http://decampinasoeste.edunet.sp.gov.br/links_outras_diretorias/pagina_inicial_links_escolas.htm

http://sites.google.com/site/teweb20/

 

Quer saber mais sobre tecnologia 2.0? Clique Aqui – Ah!!! Só para lembrar: esta pagina que você vai acessar, foi traduzida através dos recursos da web 2.0, mas foi a melhor que encontrei para definir o tema web 2.0.

Só entendendo: o endereço dela é este aqui: http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&langpair=en|pt&u=http://www.techsoup.org/toolkits/web2/&prev=/translate_s%3Fhl%3Dpt-BR%26q%3Do%2Bque%2Btecnologia%2Bweb%2B2.0%26tq%3Dthe%2Btechnology%2Bweb%2B2.0%26sl%3Dpt%26tl%3Den, mas através da utilização de um link: Clique Aqui , conseguimos reduzir o seu endereço. Minha fase preferida na web é: Clique Aqui.

Também criamos uma pagina sobre as possibilidades da web 2.0 – de uma olhada: http://sites.google.com/site/teweb20/

 

 

6.  Construção de um blog no blogspot:

 

Na verdade, seguindo uma tendência mundial, esse “é o cara”. Os blogs surgiram como diários digitais, mas atualmente hospedam sites de negócios, intelectuais, educacionais, ongs, etc.

Justamente por possibilitarem um ambiente mais amigável, maior interação por parte dos usuarios sem grandes conhecimentos em edição de sites, além de inumeros midiatricos, tais como ferramentas de comunicação, foruns, enquentes, videos, músicas, imagens, gifs animados, textos animados, e principalmente pela facilidade de hospedagem é que se tornaram os preferidos dos usuarios comuns. 

Pela nossa experiência, os ambientes de blogs, são a forma mais atrativa para se trabalhar com os alunos. Na verdade, a maioria deles, já possui uma certa familiaridade, embora os utilizem para uso pessoal, o que favorece plenamente a integração desta ferramenta dentro de um ambiente e de propostas efetivamente pedagógicas. Vou citar o blog do professor Tião como um bom exemplo de uso pedagógico desta ferramenta, considero simplesmente fantástico:

http://emefsebastiao.blogspot.com/ .

 

Seguindo essa tendencia, estamos tentando criar uma pagina compartilhada com todas as disciplinas: http://profemiliacappa.blogspot.com/

 

Conheça aqui, o blog oficial do google no Brasil: http://googlebrasilblog.blogspot.com/

 

no youtube, você encontra um video que orienta passo a passo, vale a pena dar uma olhada antes de fazer seu blog:

http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=2V5a2m30n3A

 

Neste link, você encontra maiores informações para criar e publicar um blog com hospedagem gratuita e de fácil manuseio. Clique Aqui e Saiba ++: . Para criar o blog no blogspot, sugerimos utilziar a conta criada no gmail ou crie uma conta no blog para ser utilizado exclusivamente para esta finalidade.

 

7.  Onde estamos:

Editores para a web: front page e publisher (Clique Aqui e conheça a pagina de apostilas). Como sugestão, indicamos o site Apostilando.com , basta fazer um cadastro e você terá acesso a todo tipo de apostilas. As apostilas são disponibilizadas gratuitamente, mas vale lembrar que como é um site colaborativo, é preciso estar atento a confiabilidade de seu conteúdo.

 

...ei!! faltou falar da linguagem da web ....mas fica para a próxima!! Quer saber sobre o  miguxes? Utilize o sistema de busca do google.....ele vai te direcionar para: Aqui!!! ou ainda o wikipedia, ou o yahoo, altavista..etc, etc....

Ufa!! Percebe a quantidade de informações diponibilizadas em apenas algumas linhas? Bem Vindos ao mundo virtual...esse é o mundo de nossos alunos!!!

 

Te vejo por ai...quem sabe no msn, google talk,  windows live, ou no Orkut?? Ei...se gostou da idéia de compartilharmos experiencias como essa? Clique aqui e.fale conosco...ou clique Aqui.....você terá acesso a um formulário montado em apenas alguns minutos.....graças a tecnologia da web 2.0

 

Legal que tenham lido até aqui, vou entrar neste site http://zamzar.com e converte-lo em pdf, assim pode-se evitar as cópias indevidas de conteúdos dos trabalhos realizados pelos alunos. Quem escreve geralmente fica honrado de ver suas idéias copiadas, mas por favor, mencionem a autoria, geralmente as pessoas são carentes!!

 

Vamos transformar a Escola do Bairro Cinza em uma Escola com a Nossa Cara!!

http://sites.google.com/site/nrtecampinasoeste/_/rsrc/1258850693396/intel2009/boas_vindas.gif

 

 


“Blogo”.... Logo...EXISTO!!

Imagem1BLOGS NA SALA DE AULA

Cresce o uso pedagógico da ferramenta de publicação de textos na Internet

 

 Reprodução: Google Brasil

Contar os “causos” da comunidade escolar, conteúdos por áreas ou interdisciplinares, informativos, noticias, montar uma rede de informações entre as escolas ou quem sabe apenas estar lá, ser visto,  na web!!

Blog, abreviatura do termo em inglês weblogs, tem como característica principal  a facilidade em que pode ser criado, editado e publicado sem nenhum conhecimento aprofundado em editoração de sites graças à tecnologia da WEB 2.0.

 

 

 

Reprodução: Portal Educarede

Em geral, expressa relatos pessoais, idéias e sentimentos do autor, sobre os mais diversos assuntos e áreas. O uso para fins pedagógicos, no entanto, começou a ganhar destaque na blogosfera anglo-saxônica,

Hoje, o crescimento no uso dessa ferramenta é significativo em vários Países. No Brasil, a situação não é diferente, mas talvez num ritmo menos acelerado.

Seu uso pedagógico evoluiu de algumas iniciativas isoladas para um crescimento constante e significativo no País. Ainda assim, é pequeno o número de escolas e professores que utilizam esta ferramenta para registrar projetos e experiências.

 

 

Contribuições para o ensino e aprendizagem

A possibilidade da criação coletiva e a aproximação de alunos e professores são apontadas como as principais contribuições que os blogs podem trazer para o processo de ensino e aprendizagem.

São aplicativos fáceis de usar que promovem o exercício da expressão criadora, do diálogo entre textos e da colaboração. Preservam a construção do texto e não apenas produtos – como arquivos ou anexos – e esta especificidade é que favorece a estética da criação e a organização do pensamento. Por serem dinâmicos favorecem a formação de redes, o desenvolvimento de tarefas em equipe, a interatividade, autoria, autonomia, registro e protagonismo.

 

 

Reprodução: Blog da Prof.ª Emilia

Abrangência na Rede

Se, em números, as experiências com blogs educacionais ainda não são tão expressivas, a discussão em torno deles é intensa na blogosfera brasileira.

Um rápido passeio pela web mostra isso. No Blog da Prof.ª Emilia, o visitante pode acompanhar projetos realizados nas escolas publicas da Diretoria de Ensino Região de Campinas Oeste, bem como noticias, sites e blogs relacionadas ao uso das TICs.

No Portal Educarede, escolas públicas de todo o país podem utilizar o espaço dos blogs e do próprio site para publicar projetos de suas regiões e comunidades escolares, além de projetos colaborativos, como o Minha Terra. Traz também relatos, noticias e dicas para educadores e interessados. Empresas como Intel, Microsoft e Google, a exemplo de outras, também já aderiram aos blogs e a projetos educacionais, sugerindo idéias e novos recursos. E estes são apenas alguns exemplos. O debate e os espaços estão apenas começando. Quer fazer um blog? Clique Aqui.